Download Revista zOOm 02 PDF PDF

TitleRevista zOOm 02 PDF
File Size19.2 MB
Total Pages52
Document Text Contents
Page 26

26 | zOOm

PRÁTICA

1
Um tripé é (praticamente) essencial para conseguir bons resultados. Uma
vez que vamos querer uma abertura pequena – de forma a obtermos
grande profundidade de campo e uma imagem nítida -, a velocidade de

obturação também será diminuta. Se usar uma macro, então qualquer treme-
deira será exponenciada e o resultado será sofrível. Um comando remoto tam-
bém será bem-vindo, embora se possa recorrer ao temporizador da máquina.

3
No fundo colocámos uma cartolina preta e para envolver as pintarolas
fizemos um “copo” de papel branco A4, que também serve de apoio ao
plástico da caixa de CD. Com cuidado, fomos colocando algumas gotas de

água na tampa de plástico – cada gota cria uma refracção das pintarolas.
4

Posicionámos então o tripé paralelo à área de trabalho para que fosse
possível maximizar a profundidade de campo. Compusemos a imagem e
passámos a focagem para manual, incidindo o foco para a imagem refrac-

tada com as pintarolas e não para as gotas propriamente ditas.
Experimentámos com uma abertura de f/4, mas a profundidade de campo ficou
“curta”, com a imagem a ficar pouco atractiva.

2
As pintarolas são um bom motivo para este nosso artigo prático. E não
estamos a falar no facto de as poder comer a seguir, mas sim pela varie-
dade de cor disponível. Depois tanto pode usar um vidro, como recorrer à

tampa de uma caixa transparente para CD, em plástico. Para colocar as gotas
de água, tanto pode usar uma seringa (como foi o nosso caso), como um vapo-
rizador de água.

Similer Documents